Jorge Leandro Rosa
Às vezes, os media convocam a pintura. Digo «pintura» e não a arte em geral, que é uma categoria que eles nunca duvidam saber o que seja, mas que, por isso mesmo, lhes parece mais apetecível. Falar daquilo que surge definido antes de ser interrogado é a missão que os nossos jornalistas tomam em mãos. É cada vez mais frequente sermos informados do preço de uma obra, do número de visitantes de uma exposição, da vida mundana do artista e do modelo, das características do edifício que alberga as colecções. A arte é hoje um mundo que alguns habitam. Só o modo de vida que aí se leva interessa para fins comunicacionais. Falar de pintura é, por essa razão, inadequado para os públicos desses meios de comunicação.
  NOTES




 
Jorge Leandro Rosa
  NOTES




 
João Urbano
  NOTES


 
Jorge Leandro Rosa
  NOTES


 
João Maria Gusmão and Pedro Paiva
  NOTES




 
Jorge Leandro Rosa
  NOTES




 

© Todos os direitos reservados.   Privacy policy
 
 X